It seems that you're using an outdated browser. Some things may not work as they should (or don't work at all).
We suggest you upgrade newer and better browser like:Chrome,Firefox,Internet Explorer orOpera

×
arrow-down2arrowcart2close4fat-arrow-leftfat-arrow-rightfeedbackfriends2happy-facelogo-gognotificationnotifications-emptyownedremove-menusad-facesearch2wishlist-menuwishlisted2own_thingsheartstartick
Conforme chegamos ao final da celebração do nosso 10&ordm; Anivers&aacute;rio do The Witcher</span>, queríamos compartilhar um olhar além dos jogos. A dedicação da comunidade de jogos e as grandes criações são algumas das coisas mais incríveis que vimos no jogo - cosplay, arte, calendários sexy, e afins.

<h1>Além dos jogos The Witcher</h1>
by por Ty Arthur</i>
Dá pra acreditar que já tivemos uma década completa dos jogos The Witcher? Outubro de 2007 teve o lançamento de um pequeno título de um desenvolvedor desconhecido, a CD Projekt Red, que mudaria a paisagem dos jogos.<img src="http://images.gog.com/d7cc4eda2b1dbca5bdce01ea418a19629e04446cc659ad5b707601ab816d6bbb.jpeg" style="float:right; margin:2%; margin-left:0%;" width="50%"></a>
Dizer que a série (e suas inspirações de livros) teve um grande impacto no mundo é pouco. No ano passado, a Polônia recebeu um selo postal Geralt de Rivia. Quero dizer, o Mario por acaso tem seu próprio selo?
O governo de um país reconhecer o impacto da franquia é apenas a ponta do iceberg, já que foram gerados mais conteúdos de fãs ao longo dos anos, do quente <a href=”http://maulcosplay.storenvy.com/products/18598228-the-witcher-cosplay-calendar-2017-free-print”> calendário Witcher 2017</a> com o ator Maul interpretando Geralt, a algumas criações realmente deslumbrantes vindas diretamente da legião de fãs dedicados.


<h3>Trazendo Um Mundo Digital à Vida</h3>
Há muitos homens e mulheres atraentes dispostos a vestir as roupas e assumir a personalidade de Triss, Yennefer e o resto das damas que brincam com Geralt, mas o que não recebe tanta atenção é o nível de detalhes colocados nos cosplays mays raros, de monstros mais raro.
<img src="http://images.gog.com/713bd5ddcf52cac11b09ee135c29d4c5df7be5fe44a1c054fc091d825aee16d5.jpeg" style="float:left; margin:2%; margin-left:0%;" width="50%"></a>
Esse é um descuido infeliz para uma série focada em aprender tudo o que puder sobre várias criaturas antes de cortá-las em pedaços, especialmente considerando a quantidade de história acumulada nos jogos sobre esses monstros.
No quesito criaturas, Elena Samko criou algumas interpretações de inimigos de Witcher de cair o queixo.
Suas interpretações do Nightwraith e Wight valem uma olhadqa, mas é o triste conto da Noonwraith que assombra um poço que realmente é trazido à vida.
Você não conseguirá esquecer a língua pendurada, e a coroa de flores junta tudo, lembrando o fim trágico da noiva no mundo sombrio de The Witcher.
É claro que as três irmãs Crone demoníacas também recebem a devida atenção em diversas re-criações, com a irmã do meio conhecida como Brewess mostrando a natureza multifacetada do cosplay de Witcher. Não é tudo unicórnios, banheiras e bruxas sexy, com certeza!


<h3>Do Pixel ao Pinçel</h3>
O legado do impacto de The Witcher não é apenas limitado a fantasias impressionantes, já que a criatividade dos fãs realmente não tem limites. Provavelmente há mais arte de fãs online do que você poderia ver em uma única vida de navegação na web, arte que muitas vezes torce o jogo de maneiras únicas, juntando gêneros opostos.
O Maul, mencionado anteriormente, tem um set de fotos de crossover que imagina Geralt como Samurai japonês feudal (fazendo-me pensar agora se foi assim que surgiu Nioh), mas o que mais capturou a imaginação dos fãs é a série Witcher noir de Ástor Alexander.
É tão óbvio em retrospectiva para as muitas feiticeiras que definem a série The Witcher para aparecer como donzelas perigosas em uma história de detetive noir, e Alexander acertou aquela sensação misteriosa e esfumaçada. Em uma incrível recursão de fãs, houve até mesmo cosplays id&ecirc;nticas que recriam a arte.
<img src="[url=http://images.gog.com/53c1009684bc266f4cc50f3e294d7de56eb1399770fe61ec00d052faecb53a4d.jpeg"></a]http://images.gog.com/53c1009684bc266f4cc50f3e294d7de56eb1399770fe61ec00d052faecb53a4d.jpeg"></a[/url]>


<h3>Geralt Na Tela Pequena</h3>
Seguindo trajes e obras de arte, é óbvio onde a criação de fãs inevitavelmente acabaria, uma vez que alguns fanáticos de Witcher pegaram suas câmeras e começaram a trabalhar.
Depois de Castlevania ter obtido sucesso com uma série de quatro episódios este ano, provavelmente não deve ser uma surpresa que o Netflix também pegou The Witcher para uma série episódica em 2018.
Os fãs ainda não conseguiram aguardar todos esses anos para uma adaptação de filme, e há muitos vídeos criados por jogadores que podem ser encontrados no YouTube e no Vimeo.
Há um nível surpreendente de valor de produção para vários desses clipes criados com carinho, com algumas equipes de produção até mesmo mobilizando m&eacute;todos de financiamento crowd funding para garantir uma qualidade suficientemente alta.
<div class="embedded_video">
<iframe class="embedded_video__file" width="775" height="436" src="https://www.youtube.com/embed/CMWV3p9YxN4?wmode=opaque&amp;rel=0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe></div>

Não há dúvida de que a leal base de fãs está de ponta cabeça por The Witcher e está disposta a colocar uma quantidade absurda de trabalho para homenagear esta série de dez anos.
Um brinde a mais dez anos de The Witcher inspirando os fãs a criar obras de arte absolutas! Agora, se pudéssemos fazer com que a CD PROJEKT RED terminasse logo Cyberpunk 2077, seria uma oportunidade para uma nova geração de cosplays incríveis…
Você tem alguma criação inspirada em Witcher de sua própria autoria pra dividir com o mundo, de cosplays a arte a vídeos a fanfics? Diga-nos o que você criou para mostrar seu amor pela série nos comentários!
Realmente um magnífico trabalho feito pela CDPR, uma dedicação tamanha que resultou em uma obra de arte, um ícone no mundo dos games que servirá de referência quanto à qualidade. A CDPR cativou seus fãs por justamente se colocar próximo a eles, ouvindo-os, assim a empresa pôde desenvolver, no caso falando de The Witcher 3, de uma forma mais personalizada, atendendo os anseios do público. Ela merece os parabéns por ter se mostrado humana, assim desenvolveu um lindo jogo, não pensando somente no retorno financeiro.

A todos os fãs, que dedicaram momentos em suas vidas para eternizar os momentos desta grande série, meus parabéns pelo trabalho e dedicação. Gostaria muito que viessem um The Witcher 4 tão belo como foi o 3.